loading...

Filosofia, Sistema e Doutrina

A despeito da frequência com a qual os termos cooperação, cooperativismo e cooperativa são utilizados em nossos dias, em geral a população pouco, ou muito pouco, sabe a respeito de seus conteúdos e sua importância entre nós no Brasil e muito menos no exterior.

 

Para compreendermos essa contradição é fundamental compararmos o processo de desenvolvimento desse movimento, o cooperativismo, desde as suas origens entre povos e sociedades mais antigas com a sua trajetória no Brasil.

 

Atualmente, o Cooperativismo está presente em todos os continentes, sendo que, em muitas sociedades sua origem é bastante remota. Muitas comunidades humanas elegeram a cooperação como forma de organização para garantirem a sobrevivência de seus membros. Nesse processo reside a origem do movimento cooperativista.

 

Muito antes de se estabelecer como forma organizada, como ocorreu a partir do século XIX, muitos exemplos de cooperação aconteceram entre sociedades antigas como a Egípcia, a Asteca, a Inca e a sociedade Maia. Segundo narrativa de ilustre cooperativista brasileiro, Fábio Luz Filho, citando outra fonte, o Império Incaico  tinha como estrutura básica de sua economia o labor coletivo de todos os homens e mulheres capazes de trabalhar, atendendo às necessidades da população de forma tal que não se conhecia a miséria e não havia desocupados e muito menos velhice desamparada. Esse sistema era conhecido como "Ayllu", que era a unidade social do Império, produto de um alto grau de solidariedade e de cooperação humana.

 

Mais...